Pesquisa avança na prevenção de infecções hospitalares

Uma equipe de cientistas definiu uma estratégia para rastrear a evolução genética e a transmissão de um estafilococo resistente a antibióticos (Staphylococcus aureus resistente à meticilina, também conhecido pela sigla inglesa MRSA, para Methicillin-resistant Staphylococcus aureus), responsável pela maioria das infecções hospitalares, segundo trabalhos publicados em 21/1.

Os cientistas recorreram a novas tecnologias de decodificação do genoma deste patógeno, para comparar cepas isoladas em diferentes enfermos hospitalizados e determinar de forma extremamente precisa seu parentesco genético e como se transmitem. Também puderam reconstituir as transmissões intercontinentais das diferentes cepas do MRSA e remontar a sua origem, provavelmente na Europa, nos anos 60.

“Quisemos testar nosso método para ver se permitia rastrear a propagação da infecção em diferentes cepas de SARM de um continente a outro”, explicou Simon Harris, do instituto britânico Wellcome Trust Sanger e coautor do estudo que terá seus resultados publicados na revista americana Science na edição de 22 de janeiro. Uma das cepas de MRSA, objeto de estudo, sofria mutação a cada seis semanas, precisaram.

Para o trabalho, os cientistas decodificaram o genoma do MRSA de mostras reunidas de hospitais na América do Norte e do Sul, Europa, Austrália e Ásia, durante os últimos 30 anos.

A proporção de infecções hospitalares provocadas por MRSA passou de 2% em 1974 a 22% em 1995; e a 63% em 2004. Atualmente, 20% das pessoas infectadas morrem a cada ano.

Fonte: SBI


web stats analysis



Site Meter

Sobre Jaleco Vida
Vestimenta de Segurança contra risco biológico confeccionada com tecido tecnológico bacteriostático e utilizada como barreira corporal biológica e física em hospitais, laboratórios, fábricas, restaurantes, entre outros. Inibe proliferação de bactérias trazendo mais segurança a pacientes e profissionais da saúde. Possui modelagem confortável, e é indicada para profissionais que trabalhem em ambiente de risco biológico, ou seja, com probabilidade de exposição ocupacional a agentes biológicos. Entende-se por serviços de saúde qualquer edificação destinada à prestação de assistência à saúde da população, e todas as ações de promoção, recuperação, assistência, pesquisa e ensino em saúde em qualquer nível de complexidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: