Exposição ocupacional a material biológico por pessoal de saúde: construção e proposição de instrumentos avaliativos

Revista Brasileira de Saúde Ocupacional – Sumário RBSO nº 121 volume 35
Paula Muniz do Amaral
José Tavares-Neto
Introdução
Apesar dos avanços nos marcos legais ou normativos, a real situação brasileira sobre os indicadores de exposição dos profissionais de saúde aos agentes biológicos apresenta inúmeras lacunas, visto que são crescentes os riscos de acidentes desta natureza e estão presentes nas atividades dos profissionais de saúde em decorrência das precárias condições de tra-
balho em muitas instituições de saúde, como também pelo aumento da prevalência de portadores dos vírus da imunodeficiência humana (VIH) e das hepatites B (VHB) e C (VHC). Não obstante, no Brasil não há dados sistematizados, dos vários níveis de atenção à saúde, sobre a ocorrência dos acidentes com material  perfurocortante e que permitam conhecer a real magnitude do problema.
Dessa forma, a vulnerabilidade do pessoal de saúde está ligada às atividades, aos comportamentos e às vivências relativas à organização e ao processo de
trabalho, como também às condições sociais mais amplas, ao acesso aos serviços e à existência de políticas públicas de biossegurança. Por sua vez, na atualidade, a diversidade dos campos de atuação dos profis-
sionais de saúde exige delineamentos específicos a cada profissão ou atividade da área da saúde. Nesse contexto, os profissionais de saúde devem estar dotados de competências (conhecimentos, habilidades e atitudes) que possibilitem a sua interação e atuação multiprofissional, promovendo e executando ações integrais de saúde que beneficiem indivíduos e co-
munidades (ALMEIDA, 1999).

Portanto, conhecer o perfil do pessoal de saúde,das exposições a material biológico e as condutasadotadas ao planejamento e à avaliação das medidasde prevenção têm estreita vinculação com a disponi-bilidade de dados e a qualidade da informação, estadependente, sobretudo, da adequada coleta de dadosgerados no local onde ocorre o acidente. É tambémna unidade de saúde, de qualquer nível ou grau decomplexidade, que os dados devem primariamenteser sistematizados para se constituírem em adequadoinstrumento de informação, capaz de subsidiar todoo processo de planejamento, avaliação, manutenção eaprimoramento das ações (BRASIL, 2005).Não obstante, ainda não há disponível instrumen-to de avaliação ou de coleta de dados, aplicável aopessoal de saúde ou às unidades de saúde com diver-sos níveis de complexidade. Em vista disso, é aindamuito limitada a capacidade de avaliar os conheci-mentos, as atitudes e as práticas dos profissionais desaúde sobre exposição ocupacional a material bioló-gico em serviços de saúde ou as características insti-tucionais envolvidas nesse processo. No entanto, nasavaliações dessa natureza, o mais usual é a aplica-ção de questionários (elaborados sem procedimentostécnicos e não validados) em estudos transversais ou epidemiológicos, os quais permitem a obtenção de informações, de modo mais ágil e com menor custo (BOYNTON; GREENHALGH, 2004).

Por isso, o objetivo deste trabalho foi elaborar questionários, a serem
posteriormente validados, para a avaliação institucional e do pessoal de saúde sobre a exposição ocupacional a material biológico.

Metodologia
Para elaboração dos questionários foram utilizados artigos selecionados da literatura especializada e, para obtenção, análise e interpretação dos dados, foi utilizada a análise de dados secundários (FIGUEIREDO; TAVARES-NETO, 2001; HEARST et al., 2003) e as técnicas da análise de conteúdo (BARDIN, 2008) destes mesmos artigos. Na etapa final, e após sistemática revisão pelos autores, aos dois questionários propostos, foi aplicada a análise teórica dos itens, conforme sugere Pasquali (1998), com o propósito de ampliar a validade interna dos instrumentos.

Conclusão
A avaliação dos aspectos relacionados à organização do trabalho e suas repercussões sobre a saúde do trabalhador tem sido objeto de estudos mediante uso de formulários e questionários. O uso destes instrumentos permite a obtenção de informações acerca de conhecimentos, atitudes, crenças e comportamentos do público-alvo.
Na pesquisa sistemática da literatura, realizada neste estudo, não foi identificado instrumento validado para avaliar conhecimentos, atitudes e práticas do pessoal de saúde sobre exposição ocupacional a material
biológico; portanto, acentua-se a importância no desenvolvimento deste tipo de instrumento, a ser aplicado tanto na investigação científica, como nas unidades de saúde, como uma ferramenta de gestão. Os dois ques-
tionários que foram desenvolvidos e estão sendo propostos, quando validados, permitirão avaliar os aspectos associados ao tema desta investigação, bem como fornecer dados à elaboração, à implantação e ao monitoramento de práticas profissionais e de gestão.

Confira o artigo na íntegra
http://www.fundacentro.gov.br/rbso/rbso_edicoes.asp?SD=RBSO&M=98/0


web stats analysis



Site Meter

Sobre Jaleco Vida
Vestimenta de Segurança contra risco biológico confeccionada com tecido tecnológico bacteriostático e utilizada como barreira corporal biológica e física em hospitais, laboratórios, fábricas, restaurantes, entre outros. Inibe proliferação de bactérias trazendo mais segurança a pacientes e profissionais da saúde. Possui modelagem confortável, e é indicada para profissionais que trabalhem em ambiente de risco biológico, ou seja, com probabilidade de exposição ocupacional a agentes biológicos. Entende-se por serviços de saúde qualquer edificação destinada à prestação de assistência à saúde da população, e todas as ações de promoção, recuperação, assistência, pesquisa e ensino em saúde em qualquer nível de complexidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: