Cientistas falam sobre bactérias resistentes

Congresso discute mobilização de pesquisadores para combater organismos, que vêm se multiplicando perigosamente
E.coli é um exemplo de bactéria resistente / Caroline Seidel/ AFPE.coli é um exemplo de bactéria resistenteCaroline Seidel/ AFP

Da Redação, com AFP noticias@band.com.br

O crescente aumento em todo o planeta de bactérias multirresistentes aos antibióticos e a mobilização dos pesquisadores para enfrentá-las estão no centro do principal congresso sobre doenças infecciosas (ICAAC), reunido neste fim de semana em Chicago.

“A resistência aos antibióticos no mundo é claramente o tema da atualidade, já que se pode observar em todas as partes a mesma coisa, infecções por bactérias cada vez mais resistentes” e mais frequentemente fora do meio hospitalar, explica à AFP o médico Laurent Poirel, infectologista francês do Hospital de Kremelin-Bicêtre, perto de Paris.

Vários trabalhos sobre estes problemas são apresentados no 51º Congresso da ICAAC que reúne 9.000 participantes, entre eles 6.000 pesquisadores, até a próxima terça-feira.

“Se algo rápido não for feito logo, se perderá a guerra contra a multirresistência microbiana, o que abriria a porta para a próxima pandemia”, adverte o médico Jean Cardet, consultor da Organização Mundial da Saúde, que lançou uma iniciativa em abril contra este fenômeno e propõe um uso moderado dos antibióticos.

E.coli e outros

Cardet faz referência à bactéria Eceh (E.coli), responsável pela morte de 51 pessoas neste ano na Europa, sobretudo na Alemanha, e que era ultrarresistente, assim como a superbactéria NDM-1 (New Delhi metalo-lactasa), uma ameaça persistente.

De fato, trata-se de um gene na bactéria que produz este tipo de enzima capaz de destruir os antibióticos, um mecanismo observado em outros micróbios.

Este médico destaca que é preciso distinguir entre as bactérias chamadas gram-positivas, como o estafilococo dourado, e as gram-negativas, tais como o E.coli, a salmonela e a pseudomona. Estas últimas representam 60% de todas as infecções e são estas em particular que o atual arsenal de antibióticos tem dificuldades de combater.

Fonte: http://www.band.com.br/

Sobre Jaleco Vida
Vestimenta de Segurança contra risco biológico confeccionada com tecido tecnológico bacteriostático e utilizada como barreira corporal biológica e física em hospitais, laboratórios, fábricas, restaurantes, entre outros. Inibe proliferação de bactérias trazendo mais segurança a pacientes e profissionais da saúde. Possui modelagem confortável, e é indicada para profissionais que trabalhem em ambiente de risco biológico, ou seja, com probabilidade de exposição ocupacional a agentes biológicos. Entende-se por serviços de saúde qualquer edificação destinada à prestação de assistência à saúde da população, e todas as ações de promoção, recuperação, assistência, pesquisa e ensino em saúde em qualquer nível de complexidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: